5 coisas que você precisa saber sobre Reformas de casa

Veja as cinco dicas sobre algumas experiências que tive com a reforma de casas e como elas podem afetar o resultado final do trabalho, bem como se preparar melhor para enfrentar este processo.

Home » Reforma

Muita dor de cabeça poderia ser evitada em nossas vidas se soubéssemos de antecedência o que pode acontecer em algumas situações. Isto nos levaria a nos preparar melhor para esses momentos e ainda que não pudéssemos evitar, pelo menos saberíamos melhor como lidar com ela.

A reforma de uma casa é um bom exemplo. Quem nunca reformou e pretende fazer, precisa conhecer algumas coisas que podem dar errado ou pelo menos saber pela experiência de quem já passou por isso, aquilo que tende a ocorrer.

Não significa que são regras definidas e aplicáveis a todos os casos, mas que pode ocorrer e portanto são pontos de atenção.

Como já fiz duas reformas, sendo a última delas, bastante complexa por sinal e ainda levando em conta os relatos de outras pessoas conhecidas que reformaram suas casas ou apartamentos, creio que tenho algo a dizer neste sentido.

Assim, elaborei uma lista de 5 coisas que você precisa saber sobre reformas de casa.

1. Dá mais trabalho do que a construção

Você já deve ter ouvido alguém dizer que dá mais trabalho reformar do que construir. Eu já ouvi, mas foi na prática que compreendi esta afirmação, bem como posso comprová-la com satisfatória segurança.

A justificativa para tal pode ser melhor compreendida pelos demais argumentos mostrados abaixo, mas de maneira resumida o que ocorre é que você não refaz a casa interna, mas tende a fazer reparos, consertos e melhorias, contudo, isto acaba afetando o todo de alguma forma.

A reforma que fiz recentemente era basicamente trocar o porcelanato da casa toda, pois havia apresentado defeito. Pensa nisso: Parece simples, mas isto mexeu com a casa toda, afinal, tive de desmontar móveis, tirar box dos banheiros, portas de correr, enfim, deixar a casa limpa para começar os trabalhos.

Não era para trocar soleiras, mas tive de fazer, portas que estavam boas, estragaram, a pintura foi refeita inteira e para encurtar a conversa tenho dois banheiros, estamos usando um apenas pois o outro não funciona mais e ainda precisa ser consertado.

2. Você pode gastar do que o previsto

Sim, esta é uma quase regra que se aplica tanto a construção como a reforma. Eu não sei se eu calculei mal, mas gastei muito mais do que esperava e os relatos de terceiros vão nesta mesma direção.

O que acontece aqui é que você planeja gastar o óbvio, mas durante a reforma as coisas vão aparecendo e coisas que não estavam previstas, surgem.

As soleiras da minha casa foi um bom exemplo. Inicialmente a ideia era não mexer nelas, então não teria nenhum gasto com isso. Mas deu diferença na altura do porcelanato, pois o novo produto era mais alto. Tentaram tirar as soleiras e recolocá-las e ai elas quebraram. Para ajudar, fizeram a medida errada e depois de entregue é que percebi que as algumas das novas também não serviriam. Tive de comprar novamente.

3. É complicado reformar e morar na casa ao mesmo tempo

A menos que você esteja fazendo uma reforma na parte externa da casa ou mesmo que seja interna, que seja apenas coisas simples, pensar em morar na casa enquanto as obras ocorrem é algo bem complicado.

A primeira reforma que fiz foi assim, a última ocorreu um misto, ou seja, nas primeiras semanas onde o trabalho mais pesado foi feito, fomos para um hotel, mas depois tivemos que voltar, pois a conta fica alta.

Durante boa parte da pintura e reparos finais tivemos de conviver com pó, sujeira e colchões jogados no chão em um quarto. Era montar acampamento a noite e desmontar na manha seguinte. Eu e meu filho ficamos doentes e tive de ir ao médico. É complicado.

4. Evite períodos chuvosos

A época em que a reforma irá ocorrer também é um ponto importante e evitar períodos chuvosos é uma boa dica.

Não pensei muito nisso e programei a reforma para o meu período de férias do trabalho e as férias escolares do meu filho e minha esposa, portanto o mês de janeiro. Mas para quem mora no sudeste do Brasil sabe que janeiro é o período mais chuvoso.

Isto dificulta bastante o trabalho, gera muita sujeira e pode inclusive atrasar bastante a conclusão da obra, especialmente se tiver algo a fazer na parte externa da casa.

5. Pode estragar o que não era para reformar

Aqui está um dos pontos mais indesejáveis de reformar casas ou apartamentos, ou seja, estragar o que está bom.

Relatei acima o caso das soleiras das portas da minha casa, mas este não foi o único caso. Muitas coisas deveriam ficar de fora da reforma, mas as vezes elas acabam sejam afetadas e pior, negativamente.

Para se ter uma ideia, embaixo do painel de TV da sala ficam quatro pufs que encaixavam perfeitamente, mas como o painel foi retirado para a pintura, ao colocar de volta os pufs simplesmente não entram mais embaixo, como se o painel tivesse sido colocado um pouco mais embaixo, mas não foi.

Conclusão

Reformar é preciso, pois visa tornar a casa mais usável, sem contar que muitas coisas estão relacionadas a segurança e a própria conservação do imóvel.

Mas é importante ter ciência de quem nem tudo sai como a gente quer e que os exemplos acima possam servir de alerta a fim de preparar-se melhor para reformar sua casa.

Esse texto foi originalmente publicado no site https://www.casadicas.com.br/reforma/5-coisas-que-voce-precisa-saber-sobre-reformas-de-casa.html
Postagens recentes
Arquivos
Sobre nós
O Grupo Imobiliário Laurentiz  foi fundado em 2012 com o intuito de oferecer serviços em incorporação, comercialização e construção de imóveis  no ramo imobiliário. Pautando sempre seu trabalho na honestidade, gerou a confiança hoje depositada por seus inúmeros clientes, o que o coloca como uma das melhores do ramo em Guariba e região.

Menu

Fale conosco

16. 3231-9052​   16. 3231-5598   16. 3231-3786

     (16) 99643-6933

contato@laurentizimoveis.com.br

Rua Rui Barbosa,891  Guariba Sp / Cep 14.840-000

© Grupo Imobiliário Laurentiz | Todos os direitos reservados

Empresa
responsável
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - White Circle
Fale conosco