9 perguntas que você precisa fazer antes de comprar um imóvel



Anos de trabalhos duro e um único sonho tomando sua mente em noites de insônia e dias de aluguel atrasado: aquela casa exalando o teu cheiro e personalidade. Quando estiver nela, você poderá bater no peito com orgulho e dizer para seus amigos “bem-vindo à minha casa”.

Entretanto, para causar a admiração de amigos e familiares e concretizar seu sonho, é necessário escolher bem na hora de comprar um imóvel. E isso só é possível se você souber fazer as perguntas certas na visita! Quer garantir um lar à prova de surpresas e digno de palmas? Então, continue agora a leitura!


O que perguntar na hora de comprar um imóvel?

Visitar um imóvel não é tão fácil quanto se imagina. Normalmente, passa uma lista padrão de coisas a verificar na mente das pessoas: condições dos azulejos e paredes, quantidade e tamanho dos cômodos, e outros detalhes estruturais.

Esses fatores realmente são importantes, mas o seu futuro lar requer muito mais cuidado do que isso. Precisa de um olhar treinado e crítico: o do corretor de imóveis! É esse profissional que estará à sua disposição para tirar todas as dúvidas e garantir uma ótima experiência.

Porém, isso não vale de nada se você não souber o que perguntar! Então, vamos às perguntas que você precisa fazer para ter sucesso ao comprar um imóvel?


1. Como é a segurança da região?

A primeira e principal pergunta ao comprar um imóvel, precisa ser quanto a sua segurança. Afinal, de nada adianta viver em uma casa linda e confortável, se dormir sempre com medo. Por isso, questione o corretor sobre a iluminação do bairro, taxa de criminalidade e policiamento.

Um bom profissional além de passar-lhe todas essas informações, indicará vizinhos para contar sobre o dia a dia da região. Verifique, também, a estrutura de segurança da própria casa. Por exemplo, se o portão da garagem é automático e de rápido fechamento e se possui câmeras e cercas elétricas.


2. Qual é a perspectiva de valorização?

A segunda pergunta mais importante, ainda não é sobre o preço ou documentação, mas sobre a valorização! Imagine que você quer comprar um imóvel que valha 200 mil hoje. De acordo com o desenvolvimento da área, ele pode passar a valer 500 mil em alguns anos!

Você não pretende vender? Tudo bem, mesmo que não esteja em seus planos se desfazer da propriedade, essa valorização vai direto para o seu patrimônio. Consequentemente, também irá para a dos seus filhos e netos futuramente.


3. Como é a infraestrutura da região?

Além da segurança do bairro, é preciso se preocupar com o transporte público, áreas de lazer, comércios e pavimentação. Afinal, ao comprar um imóvel, você também está comprando o dia da região. Seria muito mais fácil se sua academia, supermercado, escola dos seus filhos e a saída à noite estivessem na mesma área, certo?

Então, questione ao seu corretor se a infraestrutura disponível na região vai atender a todas as suas necessidades diárias. E, claro, dê uma volta pelo local e avalie se está de acordo com o seu perfil. Locais muito movimentados por perto podem garantir muito barulho à noite. Facilite a sua vida!


4. Como é o regimento interno do condomínio, e com quanto terei que arcar?

Seja um apartamento ou uma casa, comprar um imóvel em um condomínio facilita muito a sua vida. Mas, também garante gastos adicionais e talvez alguma dor de cabeça. Por esse motivo, pergunte sobre:

  • instalações elétricas;

  • encanamentos;

  • regras;

  • taxas;

  • vagas de garagem;

  • áreas de lazer;

  • perfil dos vizinhos.

Também tome cuidado na hora de considerar o custo do condomínio junto às parcelas do pagamento. Principalmente se fizer um financiamento para quitar a compra.


5. Os documentos estão em dia? Quais são necessários para a compra?

A documentação é fundamental na hora de comprar um imóvel, e, normalmente, é responsável por acabar com muitas negociações. Para evitar qualquer surpresa desagradável, pergunte, já na primeira visita, quais são os documentos necessários e garanta que está tudo legalizado.


6. Posso fazer uma reforma?

Sejamos francos, você passou anos idealizando cada detalhe do seu lar. Logo, é muito difícil encontrar um local que bata perfeitamente com as suas ideias. Isso quer dizer que seus sonhos não podem ser realizados? Não! Apenas significa que será necessária uma reforma para ficar do seu jeitinho!

Então, é importante já estar preparado e saber se existe alguma limitação quanto a reformas estruturais. Principalmente, se for um apartamento, saiba o que poderá modificar ou não.


7. Como é o trânsito da região?

Uma localização boa é crucial na hora de comprar um imóvel. Escolas, supermercados, trabalho e comércio próximos vão facilitar e muito seu dia a dia. Mas, inevitavelmente você precisará ir para outra parte da cidade. Garanta que isso não seja uma dor de cabeça!

Observe o tráfego de veículos até os locais que mais costuma ir e pergunte ao corretor se o local que está visitando:

  • Está próximo de avenidas;

  • Tem muito trânsito à noite (o que significa muito barulho de carros à noite);

  • Possui fácil acesso a transportes públicos;

  • Conta com rotas alternativas até os principais pontos da cidade.

Comprar um imóvel considerando esses fatores vão facilitar e muito seu dia a dia!


8. Quando recebo o imóvel?

Gostou de tudo até agora? Então, não esqueça de perguntar quando poderá se mudar! Afinal, há uma demora entre comprar um imóvel e se mudar. Questione sobre as datas de finalização do negócio e entrega das chaves. Se você tiver pressa para se mudar, isso poderá excluir muitas opções.


9. Quais são as opções de pagamento? Como podemos negociar?

Agora sim, chegou a hora de perguntar sobre o preço! E tem um motivo para isso só vir depois de analisar todos os detalhes acima: há uma diferença entre o valor e o preço na hora de comprar um imóvel.

Veja, 300 mil pode ser um preço muito alto por um apartamento. Porém, pode ser muito baixo se a propriedade estiver localizada em um bairro nobre bem ao lado do seu trabalho e da escola das crianças. Além de contar com academia, alta segurança, porteiro, piscina, sala de jogos e parque particular.

Portanto, você deve conhecer os benefícios antes de considerar o custo. Quanto ao pagamento, converse sobre as possíveis opções e descontos. Por exemplo, se é possível usar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) como entrada, se está apto a ser financiado, e tudo mais que for favorável para você!

Comprar um imóvel é um passo muito importante e requer todos os cuidados necessários. São muitos os detalhes a serem considerados na hora de visitar um local. Para facilitar use esse artigo como um guia. Não tenha medo de negociar e perguntar ao corretor. Ele está preparado e com vontade de ajudar em todos os detalhes!



Postagens recentes
Arquivos